---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Coronavírus
Alô, Coronavírus, recebeu 120 contatos nesta terça-feira

Publicado em 24/03/2020 às 20:40 - Atualizado em 24/03/2020 às 20:41

Como forma de evitar que as pessoas saiam de casa e sejam auxiliadas por equipes da Saúde, o sistema Alô, Coronavírus Caçador, está trazendo resultados expressivos. Nesta terça-feira, 24, foram 120 contatos, sendo, na sua maioria, de pessoas com casos de resfriados comuns.
Além disso, 27 casos já melhoraram e 32 continuam sendo monitorados pelo sistema.


Já no Centro de Triagem Respiratório, na escola Henrique Julio Berger, foram 64 atendimentos nesta terça-feira.

“Ressaltamos que as orientações continuam sendo repouso em casa, bons hábitos de higiene e alimentação e ciência que casos de sintomas respiratórios podem durar 7 a 10 dias, porém não pode haver a piora progressiva desses sintomas. Havendo piora deverão ser avaliados no

Centro de Triagem Respiratório”, destacou o médico infectologista, Bruno Vitiritti.
Os dois casos suspeitos de Coronavírus continuam internados no hospital Maicé. O resultado dos exames, que estão sendo feitos no LACEN, em Florianópolis, deve sair nos próximos dias.

Alô Coronavírus, Caçador
Para evitar que as pessoas saiam de casa, a Prefeitura está disponibilizando o canal “Alô, Coronavírus Caçador”, para dúvidas a respeito do novo vírus. Os caçadorenses podem entrar em contato, tanto pelo telefone fixo, quanto pelo WhatsApp (mensagens de texto, de voz e ligações) para tirar as suas dúvidas.
No fixo, a ligação será a cobrar, para os números 9090 3561-0910 e 9090 3561-0924. Já no Whats, os números são (49) 99113-5384 e 99118-4983.

Centros de Triagem
Para ampliar o sistema de atendimento, através da triagem, foi firmada uma parceria entre a Prefeitura e o hospital Maicé e, agora, esta triagem será realizada 24 horas por dia, 7 dias da semana.
“Funciona assim: das 7h às 19h, as pessoas com sintomas de doenças respiratórias devem procurar a escola Henrique Julio Berger, na frente da UPA. Já das 19h às 7h, o atendimento será no Maicé, mas em espaço diferente do Pronto Socorro”, destacou o secretário de Saúde, Ademar Schmitz.