Portal | Prefeitura Municipal de Caçador

Incentivo à leitura PDF Imprimir E-mail

Gibiteca de Caçador recebe primeira doação

No início de novembro a Fundação Municipal de Cultura da Prefeitura de Caçador começa um novo projeto, a Gibiteca, que irá funcionar junto a FMC na antiga estação ferroviária, com objetivo de incentivar a leitura, criar grupos e resgatar o mundo dos quadrinhos.

O pontapé inicial do novo espaço a ser criado, foi dado nesta terça-feira (1º), com a primeira doação de revistas em quadrinhos realizada pelo caçadorense Márcio Coelho, no total de 600 exemplares de sua coleção pessoal. O material foi entregue para as mentoras do projeto, a presidente da Fundação Municipal de Cultura, Patrícia Cruz, e a professora de teatro Lu Paes.

“Sempre fui ligado ao mundo dos quadrinhos, tanto na leitura como para o desenvolvimento da técnica do desenho. Me alfabetizei lendo as revistas em quadrinhos do meu pai, e fico feliz em fazer parte deste projeto desenvolvido pela Prefeitura de Caçador através da Fundação Municipal de Cultura. Como professor vejo a importância da leitura e as revistas em quadrinhos, pelas suas peculiaridades, ajudam no processo de alfabetização, pelo fato de, dirigir indicações que remontam a significados, mesmo sem o conhecimento da palavra escrita, utilizando um processo de imagem e texto representando uma ação. Tanto que os quadrinhos são recomendados pelos Parâmetros Curriculares Nacionais e reconhecidos como uma ferramenta de alfabetização. Tenho muito apresso por estes exemplares, mas acho que chegou a hora de oportunizar a leitura e o conhecimento de tantas histórias para outras pessoas, sejam crianças, adultos ou idosos, pois temos revistas aqui com mais de 35 anos e com certeza algumas histórias contidas nestas páginas já fizeram parte da infância ou da adolescência de alguém, que terá a oportunidade de reler novamente histórias que de certa forma fizeram parte de suas vidas.”, disse Coelho.

A Gibiteca irá funcionar de segunda a sexta-feira das 8h às 12h e das 14h às 20h. Aos sábados e domingos estará aberta das 14h às 19h. Ao contrário de uma biblioteca convencional, os exemplares não poderão ser levados para casa. No local a pessoa deixará sua identidade e irá circular livremente pelas prateleiras em busca da leitura desejada. Todo um ambiente está sendo criado para que os visitantes possam ler, com estofados, carpetes, pufes e almofadas, assim como serão disponibilizadas cadeiras de praia e os leitores podem levar o exemplar escolhido para leitura no Parque Central, em meio a natureza e ar livre.

Patrícia e Lu declaram que a intenção é criar um espaço onde as pessoas possam trocar experiências, ideias e interagir falando sobre as histórias em quadrinhos encontradas na Gibiteca. A médio prazo, a intenção também é reunir os jovens caçadorenses que jogam RPG, proporcionando um espaço para estes grupos e também para outros que poderão se formar.

Outra ação será o início de oficinas de história em quadrinhos, que contará com a participação de artistas gráficos apresentando técnicas de desenho nos estilos Mangá e Anime (provenientes de artes japonesas), além de cartoons, charges e caricaturas. “Além de todo este incentivo a leitura e a busca do conhecimento com a criação da Gibiteca, queremos com as oficinas revelar novos talentos nestas artes”, destacam Patrícia e Lu.

 
Desenvolvimento: Prefeitura Municipal de Caçador. | Caçador | Santa Catarina | Brasil | Site melhor visualizado com FireFox 3.5